Mais uma pessoa fica cega após usar lentes de contato no chuveiro

COMO A PELE ELETRÔNICA QUE SE CURA SOZINHA PODE REVOLUCIONAR A TECNOLOGIA
26 de março de 2019
18 DE OUTUBRO DIA DO MÉDICO
18 de outubro de 2019

Uma mulher de 41 anos do Reino Unido ficou legalmente cega no seu olho esquerdo após contrair uma infecção ligada ao uso de lentes de contato, especialmente em condições aquáticas.

O caso

A mulher foi ao médico relatando estar com dor nos olhos, sensibilidade à luz e visão embaçada há dois meses. Ela também disse que usava lentes de contato, inclusive enquanto tomava banho ou nadava. Os médicos realizaram dois testes. Um deles mostrou que sua visão era de 20/200 no olho esquerdo, a definição de cegueira legal nos Estados Unidos. O segundo utilizou uma tinta especial que tornava verde qualquer dano causado à córnea. Os médicos já haviam notado que a córnea esquerda da mulher parecia opaca e embaçada. O olho direito não parecia afetado. O teste confirmou os danos à córnea da paciente.

Acanthamoeba keratitis

Exames laboratoriais mostraram que ela havia sido vítima de uma infecção por Acanthamoeba keratitis, uma ameba parasítica rara que se aloja na córnea. Essa ameba pode causar danos aos olhos e é encontrada na água, solo e ar. Os cientistas já sabiam que lentes de contato oferecem um risco maior de contrair a infecção, especialmente quando utilizadas em água não esterilizada de piscinas e chuveiros.

Tratamento

A mulher foi tratada com medicação, se livrou da infecção e recuperou parte de sua visão, mas não totalmente, por conta de uma cicatriz que permaneceu na sua córnea. Mais tarde, recebeu um transplante de córnea de um doador, e sua visão melhorou mais um pouco, além de eliminar qualquer dor nos olhos. De qualquer forma, ela ainda possui uma deficiência visual no olho esquerdo.

Fonte: Portal da Oftalmologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *